Papa: amor a Jesus se traduz em proximidade aos mais necessitados

Papa: amor a Jesus se traduz em proximidade aos mais necessitados

On

No Angelus, este domingo (30/06), o Santo Padre disse que o seguir Jesus exclui arrependimentos e olhar para trás, mas requer a virtude de decisão. Comentando o Evangelho deste XIII Domingo do Tempo Comum, Francisco destacou que o ser discípulo de Cristo deve ser uma escolha livre e consciente, feita por amor, para retribuir a graça inestimável de Deus, e não um modo para promover a si próprio